Sinceridade x Empatia - Momentos e Outras Coisas

6 de jan. de 2018

Sinceridade x Empatia

Muitas pessoas se vangloriam por serem extremamente autênticas ao falarem o que pensam, mesmo que essa opinião venha a ferir outras pessoas...Ou não permitem que seu ego seja menor que o bem estar de todos apenas pra não passar a impressão de que está sendo falso.

Pois esse desejo de ser o mais autêntico possível por muitas vezes acabamos por não medir nossas palavras, e elas saem como flechas prontas pra ferir o outro. E não tem que ser assim. Devemos sim falar sempre a verdade apesar das circunstâncias mas isso não tem nada a ver com falta de empatia pelo próximo, ponderar é a palavra. Podemos dizer o que pensamos mas sem magoar e antes de tudo medir se há a necessidade de certas coisas serem ditas,
Pensando em como o outro se sentiria ouvindo aquilo, ou qual a melhor forma de falar sobre pontos de melhoria no outro...esse é um ponto.


Outro ponto é em relação a sempre acreditarmos que estamos certos, que nossa opinião é a mais valiosa e importante e com isso criamos barreiras invisíveis que acabam por afastar pessoas que gostaríamos de ter por perto, apenas por sermos diretos demais, sinceros demais, com nossa personalidade forte! Esses não devem ser pretextos para passar por cima de ninguém e muitos menos de forçar as pessoas a aceitarem conviver com indivíduos que se comportam dessa forma. Ninguém é obrigado a aturar atitudes desrespeitosas em nome da Sinceridade.

A palavra de Deus diz que todo homem deve estar pronto para ouvir e ser tardio ao falar (Tiago 1:19), ou seja, devemos ponderar nossas palavras antes de falar e usar nossos ouvidos para compreender o outro. Não usar nossa boca como uma arma que dispara tiros sem alvo.

Infelizmente ainda falta muita empatia no ser humano, falta nos colocar no lugar do outro ou simplesmente entender que aquele não é o local ou o momento certo para dizer (digitar) certas opiniões.

Lembrando como Cristo viveu entre nós corrigia usando palavras brandas e de amor mesmo conhecendo a condição de cada um, Ele sabe compreender-nos também. Temos que aprender com Ele.
Devemos ser mais flexíveis e aprender a relevar situações para deixarmos boas heranças de comportamento para nossos descendentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fiquem à vontade para deixar seus recados,
Pode deixar que responderei com todo carinho :)